Enganam-se os que acham que foi uma negociação tranquila a saída de Wallace do Grêmio. O empresário  ex-queridinho da direção do Grêmio, Rogério Braun forçou a barra demais e a relação sai chamuscada. Seus amigos da imprensa chegaram a dizer que ele abriria mão de toda participação para o negócio sair. Mentira.  Fico surpreso como engolem fácil qualquer balão. Meu Deus! Dificilmente ele voltará a fazer negócio com o tricolor. Claro, o tempo acaba perdoando, mas Romildo está cuspindo marimbondo.